Gordura Corporal

Como acumulamos gordura no nosso corpo?

Acumulação de Gordura Corporal Localizada

Corpos Saudáveis!

Desde o momento da concepção de um ser humano, que as células de gordura, os adipócitos, são formada. Ao longo da vida, devido a algumas condições genéticas, falta de exercício físico e alimentação rica em calorias, surge a hipótese de a acumulação de gordura acontecer nas mais diversas partes do corpo.

A gordura, ou tecido adiposo, encontra-se debaixo da pele e por isso se chama de gordura subcutânea. Sobre cada um dos rins também se encontra gordura.

No corpo humano existem dois tipos de tecido adiposo: a gordura branca – importante no metabolismo energético, isolamento térmico e amortecimento e a gordura castanha – geralmente encontrada em bebés recém-nascidos e entre os ombros, é muito importante para a produção de calor no corpo.

As células de gordura são formadas em duas fases marcadas do crescimento, no desenvolvimento do feto, entre o sexto e o nono mês de gravidez e posteriormente no início da puberdade. Depois desta fase as células de gordura não se multiplicam, mas aumentam o seu tamanho.[widgets_on_pages id=”Widgets on Pages #1"]

É importante perceber que a gordura é uma parte do corpo humano que o organismo utiliza como reserva, sendo uma das suas funções mais conhecidas a proteção em relação ao frio exterior. Às células de gorduras são atribuídas outras funções como: levar às outras células do corpo vitaminas, manter a elasticidade da pele e proteger os órgãos vitais. Mas como em tudo, o excesso de gordura acumulada no corpo, além de proporcionar uma deformação do corpo pode ser prejudicial à saúde.

E como se dá esta acumulação em excesso no corpo?

A acumulação em excesso de gordura acontece no organismo quando as calorias presentes nos alimentos que ingerimos é superior as calorias que gastamos nas nossas actividades diárias. Isto quer dizer que, para esta acumulação não acontecer teremos de encontrar um equilibrio entre as calorias ingeridas e as calorias gastas. Um aspecto que pode potencializar a acumulação de gordura tem haver com a velocidade do metabolismo, se esta for lenta a acumulação de gorduras é maior.

Assim quando ao metabolismo lento se junta uma ingestão de calorias superior as que são gastas, a gordura tende a acumular-se. Esta acumnulação pode acontecer em diversas partes corpo, como nas pernas, glúteos, a zona da barriga e no abdómen. Os locais onde ela se acumula varia de homens para mulheres.

O excesso de gordura pode manifestar-se de três formas diferentes, através : de excesso de peso ( peso acima da média aceitável para a altura de cada um), de excesso de gordura (quando a quantidade de gordura é maior em relação ao tecido magro, que não tem relação directa com o excesso de peso, podendo uma pessoa magra ter excesso de gordura na sua composição), e a gordura sectorizada.

Combate à Obesidade - Exercício Físico

O exercício físico é fundamental!

[w[widgets_on_pages id=”Widgets on Pages #2"]p>

Combate à Obesidade

Obviamente que existem formas de combater este acumular de gordura e que importam aqui ressalvar  A actividade física é essencial para manter uma reação equilibrada entre a gordura e os tecidos magros, assim como uma alimentação equilibrada, que implica, não só, uma escolha correcta dos alimentos mas também do seu modo de preparação. Assim há que ter alguns comportamentos diário como:
* beber água, pelo menos 2 litros por dia, importante para eliminar toxinas e no apoio ao funcionamento dos rins, do fígado e dos intestinos;
* não deixar passar muitas horas entre refeições, fazer pequenas refeições de três em três horas com alimentos saudáveis e pequenas quantidades de comida;
* mastigar devagar para ajudar a assimilar melhor os nutrientes presentes nos alimentos e a transmitir ao cérebro o sinal de que o organismo está satisfeito.
* evitar a ingestão de gorduras saturadas em excesso, optando por grelhados e cozidos;
* incluir na ementa peixe, pelo menos 3 vezes por semana, para aumentar a oferta de ómega-3;
* dar preferência a alimentos integrais como grãos, cereais e sementes oleaginosas, pois além dos nutrientes eles contem fibras que auxiliam na eliminação da gordura;
* tomar um bom pequeno almoço, que ajuda a equilibrar o apetite ao longo do dia;
* comer mais frutas, verduras e legumes, pobres em calorias e ricos em nutrientes, fibras e antioxidantes;
* consumir ovos frescos três a quatro vezes por semana pois para além de terem um baixo valor calórico  fornecem proteína, ómega 3, vitamina E;
* acrescente especiarias e condimentos as suas refeições, que além de não possuírem calorias, são fonte de inúmeros fitoquímicos e antioxidantes que auxiliam no controle do açúcar e gorduras do sangue.

Tratamentos Específicos

Quando os cuidados alimentares e o exercício físico não são atitudes suficientes para ajudar a combater a gordura acumulada, outras soluções são apresentadas como meio de a eliminar. Existem hoje uma série de técnicas médicas e de estética que podem ser boas aliadas na luta contra acumulação de gordura nas diversas partes do corpo. Dependendo do caso de cada paciente podem recomendar-se: a cavitação, também chamada lipoaspiração não invasiva, drenagem linfática ou uma variedade de tipos de lipoaspiração.

Comentários recentes...